Edificado no Sapal de Castro Marim, este observatório em plástico reciclado permite é um dos pontos de interesse do percurso interpretado do Cerro do Bufo.

Esta estrutura não só proporciona excelentes condições para observação da avifauna, como também constitui um meio para promoção da flora, da fauna e do turismo de natureza no Baixo Guadiana.

O observatório de aves de Castro Marim foi desenvolvido considerando o impacto ambiental inerente à sua edificação. A sustentabilidade do projeto advém tanto da colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, como também da matéria-prima escolhida.

O plástico reciclado detém propriedades que o tornam na matéria-prima ideal para espaços naturais em geral, e locais perto de água, como neste caso em particular. Primeiramente, falamos de um material que não contém produtos tóxicos adicionais. Em segundo lugar, é impermeável e não apodrece, oferecendo grande resistência quando exposto às intempéries.

Foi importante considerar que a estrutura fosse igualmente acedida por birdwatchers com mobilidade reduzida. Foi integrada uma rampa de acesso à estrutura.

Resumidamente, a construção deste observatório em plástico reciclado constitui um ponto de promoção de turismo de Natureza acessível e sustentável. Isto porque, utiliza um material da economia circular, não perturba as dinâmicas da biodiversidade e é acessível a todos os amantes da avifauna.

Cliente: Município de Vale de Cambra

Design: FLOEMA

Fotografia: João Ameixoeiro

Materiais: Plástico Reciclado